18 de abril de 2024 1:58

Banner princ
 

Em Afogados, usuários da Caixa Econômica enfrentam fila quilométrica para sacar auxilio pé de meia

Em Afogados da Ingazeira, no sertão de Pernambuco, usuários do programa social Pé de Meia, do Governo Federal, enfrentaram nesta terça feira 02, de abril, uma fila quilométrica para sacar o beneficio que dá direito de até uma salário minimo anula para estudantes.

Foto do local, na Avenida Manoel Borba, foi envida ao Blog do Cauê Rodrigues por populares que precisavam utilizar outros serviços da Caixa Econômica Federal, Afogados da Ingazeira é a uma das únicas cidades do Vale do Pajeú que comporta uma unidade para atender a grande demanda de usuários de municípios como Carnaíba, Quixaba, Distrito de Fátima de Flores, Iguaracy, Ingazeira, Solidão, Tabira e da própria Afogados da Ingazeira que tem uma população de mais de 40 mil habitantes.

Com essa quantidade de usuários em todos estes municípios, fica inviável um atendimento ágil e eficaz. A unidade é um prédio de pequeno porte para a grande demanda da região.

Além dos serviços sociais como Bolsa Família entre outros, agora se expande o Programa Pé-de-Meia, do Ministério da Educação (MEC).  O depósito da parcela única de R$ 200, relativo ao Incentivo-Matrícula, ocorre de forma escalonada, conforme o mês de nascimento dos alunos.

·         26 de março: estudantes nascidos em janeiro e fevereiro;

·         27 de março: estudantes nascidos em março e abril;

·         28 de março: estudantes nascidos em maio e junho;

·         1º de abril: estudantes nascidos em julho e agosto;

·         2 de abril: estudantes nascidos em setembro e outubro;

·         3 de abril: estudantes nascidos em novembro e dezembro.

Segundo o MEC, o Incentivo-Matrícula será creditado em contas digitais abertas automaticamente pela Caixa Econômica Federal em nome dos alunos, muitos já sacam o beneficio. Em Afogados da Ingazeira a Caixa está distribuindo apenas 60 senhas por dia para os usuários deste beneficio, o que vem gerando reclamações dos usuários.

O incentivo é pago apenas uma vez ao ano, ainda que o estudante faça transferência de matrícula entre escolas ou redes de ensino no mesmo ano letivo.

Porém, o aluno que abandonou a escola e voltou a estudar ou que foi reprovado naquela série terá direito ao Incentivo-Matrícula da respectiva série apenas mais uma vez, durante o período de permanência no ensino médio, esclarece o MEC.

Deixe um comentário