18 de junho de 2024 4:54

Banner princ

Quixaba realiza a 1ª Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde

O município de Quixaba, no sertão pernambucano, promoveu na ultima terça feira 04 de Junho, a 1ª Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, realizada pelo Governo Municipal por meio da Secretaria Municipal de Saúde. O evento que contou com a participação do prefeito Zé Pretinho, do Vice Prefeito Zé de Joaquim Preto, da Primeira Dama e Secretaria de Assistência Social Socorro Salvador e dos vereadores Zezinho e Lau, além do Secretário de Finanças João Paulo Pereira e publico em geral, aconteceu no Centro de Eventos.
O tema levado ao debate com a população foi : “Democracia, Trabalho e Educação na Saúde para o Desenvolvimento: Quixaba, fazendo o SUS acontecer”.

Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (CMGTES) é um evento que reúne gestores, trabalhadores, profissionais da saúde e representantes da sociedade civil para discutir e propor diretrizes para a melhoria das condições de trabalho e da educação na área de saúde no âmbito municipal.

Em Quixaba, prefeitura trabalha no combate ao mosquito da dengue

Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde de Quixaba, por meio da Vigilância, realizou um mutirão para combate à dengue. A ação faz parte das estratégias para a eliminação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue e da febre amarela urbana. Menor do que os mosquitos comuns, é preto com listras brancas no tronco, na cabeça e nas pernas.

O mosquito macho, como os de qualquer espécie, alimenta-se exclusivamente de frutas. A fêmea, no entanto, necessita de sangue para o amadurecimento dos ovos que são depositados separadamente nas paredes internas de objetos, próximos a superfícies de água limpa, local que lhes oferece melhores condições de sobrevivência. No momento da postura são brancos, mas logo se tornam negros e brilhantes.

Em média, cada A. aegypti vive em torno de 30 dias e a fêmea chega a colocar entre 150 e 200 ovos. Se forem postos por uma fêmea contaminada pelo vírus da dengue, ao completarem seu ciclo evolutivo, transmitirão a doença.

Os ovos não são postos na água, e sim milímetros acima de sua superfície, principalmente em recipientes artificiais. Quando chove, o nível da água sobe, entra em contato com os ovos que eclodem em pouco menos de 30 minutos. Em um período que varia entre sete e nove dias, a larva passa por quatro fases até dar origem a um novo mosquito: ovo, larva, pupa e adulto.

O A. aegypti põe seus ovos em recipientes artificiais, tais como latas e garrafas vazias, pneus, calhas, caixas d?água descobertas, pratos sob vasos de plantas ou qualquer outro objeto que possa armazenar água de chuva. O mosquito pode procurar ainda criadouros naturais, como bromélias, bambus e buracos em árvores.

A transmissão da dengue, bem como da febre amarela, depende da concentração do mosquito: quanto maior a quantidade, maior a transmissão. Esta concentração está diretamente relacionada à temperatura e pela presença das chuvas: mais chuvas, mais mosquitos.

 

 

Em Quixaba, Prefeito Zé Pretinho visita nova Unidade de Saúde no sitio Serrinha

Em Quixaba, o prefeito Zé Pretinho (Avante), continua seu dia–a-dia trabalhando em prol da população Quixabense.

Nesta sexta feira 24,  o gestor esteve visitando amigos na comunidade rural do sitio Serrinha, onde recentemente foi construído uma Unidade Básica de Saúde  Âncora da ESF Antônio Rainha.

Agente não para de trabalhar pelo nosso povo. Na comunidade Serrinha, zona rural de Quixaba, estamos implantando uma unidade básica de saúde âncora da ESF Antônio Rainha. A unidade contará com atendimento médico e de enfermagem, facilitando a vida dos moradores da região. Minha satisfação é ver a alegria do nosso povo”, disse Zé Pretinho.

Prefeitura de Quixaba continua disponibilizando exames de ultrassom para a população

Nesta sexta-feira (24), a prefeitura Municipal de Quixaba, no sertão de Pernambuco, através da Secretaria Municipal de Saúde, disponibilizou mais uma vez, os serviços de ultrassons para à população quixabense.

O atendimento ocorre quinzenalmente na Unidade Mista de Saúde  Maria Alves dos Santos (hospital) onde são realizados mais de 100 exames de ultrassonografias, beneficiando quem mais precisa.

Prefeitura de Quixaba promove “Saúde na Feira” durante a feira livre da cidade

Nesta quarta-feira 22, a feira livre no centro da cidade de Quixaba, no sertão de Pernambuco, foi o ponto de encontro para uma importante ação promovida pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde: “Saúde na Feira”.

Durante a ação, a população teve acesso a serviços importantes para o seu bem-estar, incluindo triagem com aferição de pressão arterial e glicemia, testes rápidos, avaliação bucal, avaliação de índice de massa corporal (IMC) e panfletagem.

Os quixabenses participaram ativamente da ação, comprovando o impacto positivo da iniciativa e o compromisso do governo municipal com a saúde pública.

O secretário municipal de saúde, Emanoel Cabral, esteve participando do evento, acolhendo a população e fortalecendo o trabalho com sua equipe.

Tuparetama: Menino de 4 anos morre por complicações da dengue

Provocando um grande surto no Brasil neste primeiro semestre do ano, a dengue fez mais uma vítima em Pernambuco. O pequeno Lucas Tiago, 4 anos, morreu depois de contrair a doença em Tuparetama, no Sertão do Pajeú. Ele estava internado no Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos-PB, onde faleceu nessa segunda-feira, 20. O sepultamento aconteceu ontem em Tuparetama, comovendo a cidade.

Continue lendo após a publicidade

A direção do hospital de Patos informou que o menino deu entrada no dia 14 de maio, levado pela mãe, com relato de febre alta, mialgia, cefaléia, dor abdominal persistente e vômito. Com suspeita de arbovirose, foi submetido a um exame que confirmou caso de dengue. O quadro teria sido agravado por uma pneumonia.

Na madrugada de segunda-feira o estado de saúde da criança piorou e ela não resistiu, falecendo por volta das 5h, apesar de todos os esforços da equipe médica do Hospital Infantil de Patos. A morte pode entrar para as estatísticas da dengue em Pernambuco.

Profissionais da saúde de Afogados da Ingazeira são capacitados pelo Governo de Pernambuco para lidar com casos de SRAG

PE Noticias

Profissionais de saúde participam nesta semana da última etapa da capacitação sobre Manejo Clínico da Criança e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) na Atenção Primária. Nesta segunda-feira (20), o treinamento foi feito em Ouricuri, no Sertão.

A capacitação segue hoje (21), em Afogados da Ingazeira e, na quarta-feira (22), em Serra Talhada. Participam da ação médicos e enfermeiros que atuam nas equipes de atenção básica e urgência dos 33 municípios de abrangência das IX, X e XI Gerências Regionais de Saúde (Geres).

De acordo com a SES, a ação integra o Plano de Contingência das Doenças Respiratórias Sazonais na Infância, lançado em fevereiro deste ano.

Continue lendo após a publicidade
Desde o início do mês de abril, a pasta promove as oficinas sobre o manejo de pacientes com SRAG, tendo percorrido todas as demais Gerências Regionais de Saúde – I, II, III, IV, V, VI, VII, VIII e XII –, contemplando profissionais de saúde da Região Metropolitana do Recife (RMR), do Agreste e do Sertão, alcançando os demais 152 municípios pernambucanos.

A capacitação auxilia na identificação dos casos de maneira mais ágil. Durante os encontros, os profissionais acompanham uma explanação sobre as doenças respiratórias, discutem coletivamente estudos de caso e recebem orientações da conduta clínica durante o atendimento, desde o diagnóstico do paciente até o uso racional de antibióticos durante o tratamento das síndromes respiratórias na infância.

Luciano Duque anuncia R$ 135 mil para o Hospital Emília Câmara, de Afogados

Ao lado da governadora Raquel Lyra e da secretária de Saúde, Zilda Cavalcante, o deputado estadual Luciano Duque participou, nesta sexta-feira (17), da entrega de 20 novos leitos de UTI no Hospital Regional Emília Câmara (HREC), em Afogados da Ingazeira.

Na oportunidade, o deputado estadual aproveitou para anunciar que destinará uma emenda de R$ 135 mil para o Emília Câmara, que será utilizada para aquisição de uma ambulância.

Segundo o deputado serra-talhadense a inauguração representa um avanço significativo na capacidade do hospital de atender às diversas necessidades de saúde da comunidade.

Continue lendo após a publicidade

“Com essas melhorias e expansões, a unidade de saúde continua a solidificar sua posição como uma instituição de referência, comprometida em oferecer um atendimento de qualidade, acessível e humanizado para todos os que necessitam de seus serviços”, comentou Luciano.

A quantia destinada pelo parlamentar será usada para aquisição de uma ambulância. O montante faz parte dos R$ 2,5 milhões que Duque dedicou em emendas para a saúde do estado.

“Nosso mandato está comprometido com a saúde dos pernambucanos e pernambucanas, assim como a governadora Raquel Lyra, que entregou hoje esses novos leitos de UTI, que vão beneficiar milhares de pacientes da região. A inauguração representa um avanço significativo na capacidade do hospital”, disse o deputado.

Quixaba amplia vacinação da gripe para todas as pessoas acima de seis meses de idade

Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde de Quixaba, no Sertão de Pernambuco, ampliou a vacinação contra a gripe para todas as pessoas acima de 6 meses de idade. O objetivo é expandir a cobertura vacinal contra a doença.

Então, quem ainda não foi imunizado pode se dirigir até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para tomar a vacina.

É importante que a pessoa leve à UBS os cartões de vacina (se tiver) e do SUS, RG e CPF.

A vacina oferecida na rede pública de saúde previne os principais vírus influenza presentes no Brasil, que são o influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e influenza B.

Quixaba está vivenciando desde março a Campanha de Vacinação contra a Influenza (gripe), que se encerra em 31 de maio.

Quixaba: Prefeito e Vice visitam reforma do novo prédio da Secretaria de Saúde

O Prefeito de Quixaba, José Pereira Nunes (Zé Pretinho), acompanhando do Vice Prefeito José Pereira de Andrade (Zé de Joaquim Preto), estiveram na manhã desta  terça feira 07, visitando a reforma geral do prédio público onde funcionava a antiga prefeitura.

No local, funcionará a nova sede da Secretaria Municipal de Saúde, ampliando o espaço para atender a demanda de serviços e atendimento ao público.

Nas suas redes sociais, o Prefeito Zé pretinho destacou o serviço executado com fotos ao lado do vice prefeito;

O trabalho por aqui não para. Estamos realizando uma reforma geral no prédio público que funcionava o centro administrativo e passará a funcionar como sede da secretaria de saúde.

Estão sendo realizados os serviços de hidráulica, piso, rede de energia elétrica e tudo que se faz necessário para melhor acolher os quixabenses e proporcionar mais qualidade para os profissionais que atuam na secretaria de saúde”, escreveu o gestor.

Prefeitura de Quixaba realiza castração gratuita de cães e gatos

A Prefeitura de Quixaba através da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária, inovou e criou o Centro de Castração para realizar cirurgias de esterilização de cães e gatos. O atendimento, gratuito.

O médico veterinário Dr. Luiz Gonzaga e a coordenadora da Vigilância Sanitária, estão á frente do projeto que cuida da saúde dos cães e gatos.

A castração é um método mundialmente reconhecido por ser seguro e eficaz no controle populacional de cães e gatos e muito indicado pelos médicos-veterinários, por atuar na prevenção e redução de diversas doenças.

Os métodos cirúrgicos mais utilizados para este procedimento são:

  • Ovariosalpingohisterectomia (OSH) – onde ocorre a remoção do útero e ovários das fêmeas.
  • Orquiectomia – através da extração de ambos os testículos dos machos.

O procedimento é simples e relativamente rápido, entretanto requer cuidados e exames pré-operatórios.

Após a cirurgia, é importante que o pet utilize um macacão ou colar para proteger os pontos, e deve-se ter cuidado para que ele não faça muito esforço ou atividades físicas durante o período pós-operatório, que leva de 7 a 10 dias até a retirada dos pontos.

Qual a melhor idade para castrar os pets?

Essa é uma dúvida muito comum entre os tutores. A verdade é que não existe um momento certo ou errado. O que vai influenciar na indicação ou escolha do melhor momento é a avaliação do médico-veterinário de acordo com o histórico do pet e a análise de cada caso.

Sendo possível, a castração enquanto filhote pode auxiliar na prevenção de várias enfermidades por diminuir precocemente os níveis de hormônios reprodutivos nesses pets. Na fase de vida jovem, o procedimento ocorre geralmente entre os 6 a 9 meses de vida, tendo variações a depender do estado de saúde do pet, bem como seu porte ou característica da raça.

Entretanto, se o proprietário optar por ter alguma cria ou adotou um pet já adulto, a castração também pode ser realizada nesta fase de vida.

Em Carnaíba, profissionais da saúde passam por capacitação de Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo (ABA)

Na última segunda-feira, 06 de maio, teve início a formação presencial em Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo (ABA), voltada para profissionais da área de saúde. Essa capacitação é conduzida pelo Núcleo de Intervenção Comportamental (NIC), uma entidade com sede em São Paulo e reconhecida por sua expertise em ABA. O público-alvo são os profissionais que atuam no Centro de Reabilitação Dr. José Leite, no CAPS, no NASF e na coordenação da Atenção Básica.
O programa de capacitação teve início de forma online no dia 29 de abril, com a parte teórica. Em Carnaíba, as professoras Sandra Crespo e Ana Carolina Colli iniciaram a intervenção pelos atendimentos do CER, acompanhando os casos mais complexos junto com os demais profissionais.
No período da tarde, houve um encontro na Secretaria de Saúde, onde foram compartilhados os estudos de casos, bem como sugestões de intervenções e melhorias no atendimento a esse público-alvo.

Prefeito de Solidão recebe aprovados para o programa de Crédito Educativo Mais Médicos Municipal

O prefeito Djalma Alves, de Solidão, no Sertão pernambucano, recebeu os estudantes aprovados para o programa de Crédito Educativo Mais Médicos Municipal. Cicero Damião Soares Pereira, representado por sua mãe, e Larissa Maria Almeida Santos, foram os contemplados por essa iniciativa que visa incentivar e apoiar estudantes do curso de medicina.

Larissa esteve presente para assinatura do contrato de crédito. Cicero não pôde comparecer, pois, está cursando Medicina no estado de São Paulo. No ato ele foi representado por sua mãe, Vitorina, que expressou sua gratidão ao gestor pela oportunidade oferecida aos jovens, ressaltando o impacto positivo que essas iniciativas têm na comunidade.

Continue lendo após a publicidade

O Programa de Crédito Educativo Mais Médicos Municipal demonstra o compromisso do Governo de Solidão em investir no futuro dos profissionais de saúde, incentivando seu desenvolvimento acadêmico e contribuindo para a melhoria dos serviços prestados à população.

O programa de bolsas de estudo foi estabelecido pelo executivo municipal em 2021, através de uma lei, visando incentivar os solidanenses a ingressarem no ensino superior. Essa iniciativa pioneira na região auxilia financeiramente os estudantes que preenchem os critérios estabelecidos.

De Marcello Patriota

Brasil tem média de 1 milhão de casos prováveis de dengue por mês em 2024

Desde o começo do ano, o Brasil registra 4,176 milhões de casos prováveis de dengue, o que representa uma média de um milhão de casos por mês. De acordo com os boletins semanais publicados pelo Ministério da Saúde, foram 243 mil casos em janeiro, 729 mil em fevereiro e 1,650 milhão apenas em março. O número de mortes causadas por dengue ultrapassou dois mil nesta terça-feira (30), sendo que outros 2.291 óbitos estão sendo investigados.

O Brasil já bateu os recordes de números de casos prováveis e de mortes registrados pela doença na série histórica. O número mais alto de mortes era de 2023, com 1.179 registros. Já o ano com o maior número de casos era 2015, com 1.688.688.

São Paulo é a unidade da federação com mais óbitos registrados em 2024, com 547, seguido por Minas Gerais (327), Distrito Federal (308), Paraná (235) e Goiás (137). Somadas, as cinco acumulam 75% do total de óbitos.

Serra: Recém-nascido sofre parada cardíaca e é salvo no Hospam

A manhã desta segunda-feira (29) foi agitada no Hospital Regional Agamenon Magalhães (Hospam), no Centro de Serra Talhada. Um bebê recém-nascido sofreu uma parada cardiorrespiratória, precisando ser intubado.

A emergência mobilizou toda a equipe médica, mas acabou afetando os demais atendimentos na pediatria, entretanto, a vida do menor foi salva.

“Uma médica que estava no atendimento na pediatria precisou ser acionada para o bloco cirúrgico, e uma segunda médica também foi acionada. Toda a equipe deu suporte nesta emergência”. explicou Leonardo Carvalho, diretor do hospital, comemorando o salvamento da criança.

Segundo ele, o bebê foi transferido para UTI neonatal em Salgueiro. Portanto, foi mais uma vida salva pela equipe do Hospam, graças a Deus”, comemorou Carvalho.

Houveram algumas reclamações de pais que estavam esperando atendimento na pediatria, mas tudo foi resolvido após a explicação sobre a emergência.

Gerente da XI GERES destaca sucesso de Flores no combate às arboviroses

Em uma iniciativa pioneira, a XI Gerência Regional em Saúde (Geres) está percorrendo os municípios de Pernambuco com o programa “Geres Percorre”, uma proposta inovadora da Secretaria Estadual de Saúde (SES) que visa identificar experiências, avaliar indicadores e definir estratégias de trabalho conjunto para melhorar a integração dos serviços de saúde à população.

A última parada desse programa foi no município de Flores, situado na 11ª região de saúde, onde a gerente da XI Geres, Karla Milene, liderou uma equipe composta por profissionais das áreas técnicas de planejamento, vigilância, atenção à saúde e administrativo financeiro. O objetivo era claro: conhecer de perto as experiências bem-sucedidas de Flores e trabalhar em conjunto para aprimorar ainda mais os serviços de saúde locais.

Durante o encontro, Karla Milene destacou a importância da visita, ressaltando os êxitos alcançados pelo município no combate às arboviroses, o que colocou Flores como um exemplo a ser seguido na região. A gestora elogiou o trabalho do prefeito Marconi e da Secretaria de Saúde do município, enfatizando o empenho de toda a equipe no controle eficaz dessas doenças.

“Hoje pudemos ver o trabalho belíssimo que está sendo feito no combate às arboviroses, tanto é que Flores é o único município da minha região que está dentro da meta preconizada pelo Ministério da Saúde, que é abaixo de 1 no índice de infestação predial. Então, os casos de arboviroses estão controlados aqui no município, graças ao excelente trabalho do prefeito Marconi”, disse.

Além disso, foi evidenciado o comprometimento de Flores na luta contra a obesidade infantil, um problema de saúde pública que tem preocupado autoridades em todo o país. Karla Milene expressou seu desejo de compartilhar as práticas adotadas em Flores com outros municípios, visando prevenir essa condição desde a infância e, assim, contribuir para a melhoria da saúde da população em âmbito regional.

A visita não se resumiu apenas a reconhecer os feitos de Flores, mas também a estabelecer um plano de ação conjunto. A equipe da XI Geres trouxe consigo indicadores que foram analisados em conjunto com os técnicos do município, visando elaborar estratégias específicas para aprimorar ainda mais os serviços de saúde locais.

Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue em 2024

O Brasil alcançou a marca dos 1.601 óbitos por dengue confirmados em 2024. Além disso, outras duas mil mortes seguem em investigação e podem ter sido causadas pela doença, totalizando 3,6 mil mortes confirmadas ou suspeitas até o momento. Os dados são do painel de casos do Ministério da Saúde atualizado nessa sexta-feira (19).

O número de mortes confirmadas é 35% superior a todo o ano de 2023, quando 1.179 brasileiros perderam a vida para doença. A diferença entre os casos ainda em investigação de 2023 e 2024 supera os 1.707%. Do ano passado, apenas 114 ocorrências seguem em investigação.

Em relação aos casos prováveis da doença, os números chegam a 3,535 milhões em 2024 contra 1,649 milhão em 2023, aumento de 114%. Já o coeficiente de incidência de casos por 100 mil habitantes cresceu de 773 em 2023 para 1.741 casos prováveis para cada 100 mil brasileiros em 2024.

As mulheres são as mais afetadas pela doença, representando 55% das ocorrências prováveis, contra 44% de pessoas do sexo masculino. A faixa etária mais afetada é dos 20 aos 29 anos, com 358 mil mulheres dessa faixa etária atingidas contra 299 mil homens.

Apesar do aumento expressivo no número de casos e óbitos, a letalidade da doença em relação ao total de casos teve leve redução. De uma letalidade de 4,83% em casos graves em 2023 para 4,35% em 2024. Além disso, a letalidade dos casos prováveis passou de 0,07% para 0,05% no mesmo período.

Nova vacina contra a Covid-19 chega à população em 15 dias

O Ministério da Saúde confirmou a aquisição de 12,5 milhões de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Moderna.

Estima-se que esses imunizantes estarão disponíveis para a população nos próximos 15 dias, após o fechamento do contrato na sexta-feira (19).

De acordo com a pasta, o processo de aquisição emergencial teve início em dezembro de 2023, logo após a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) da versão mais recente da vacina.

Em comunicado, o ministério destacou que esta é a primeira vez que empresas farmacêuticas competem pelo fornecimento de vacinas contra a covid-19 no Brasil.

Anteriormente, todas as aquisições foram realizadas em um ambiente sem concorrência. O governo afirma que essa medida resultou em uma economia significativa de R$ 100 milhões.

Em Carnaíba, Serviço de Telemedicina já está em funcionamento

O Serviço de Telemedicina em Carnaíba já está em pleno funcionamento, com teleconsultas nas especialidades de neurologia, reumatologia e gastroenterologia.
Entenda como funciona esse novo serviço ofertado pela Prefeitura de Carnaíba, através da Secretaria de Saúde.
A Teleconsulta é uma modalidade regulamentada da Telemedicina que permite a realização de consultas médicas online, ou seja, sem que o paciente e médico estejam no mesmo ambiente. Ela segue os mesmos objetivos de uma consulta médica tradicional e presencial, no entanto, pode ser realizada à distância através da internet.
A sala de Telemedicina está funcionando na UBS João Alves dos Reis (Carnaíba 2), em frente à praça de Eventos.
Para ter acesso, os interessados devem dirigir-se ao setor de regulação, localizado na Secretaria de Saúde, portando um encaminhamento médico fornecido pela Unidade Básica de Saúde na qual estão cadastrados.
Mais informações: Setor de Regulação (87) 9.9173-7525

Pernambuco confirma quase 200 casos de dengue em uma semana

O novo boletim de arboviroses divulgado nesta quarta (17) pela Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) aponta um aumento dos casos confirmados de dengue.

Em uma semana, o número de confirmações passou de 1.236 para 1.434.

Portanto, houve um aumento de quase 200 casos confirmados, desde o dia 10 de abril.
Desse total de confirmações, o Estado aponta 31 casos graves de dengue.

Desde o início do ano, uma morte foi confirmada. É um homem de 53 anos que morava em Tuparetama.

O caso da criança de Tabira, o atleta Luís Davi, com apenas 10 anos, que faleceu na madrugada do último domingo (14) em Serra Talhada vítima de dengue, ainda não foi confirmada a morte por dengue hemorrágica pela Secretaria Estadual de Saúde.

Prováveis

O boletim também mostra que, desde o início de 2024, foram notificados 19.874 casos prováveis de dengue.

Isso representa um aumento de 564%, em relação ao mesmo período do ano passado.
Pernambuco investiga 23 casos de mortes que podem ter sido provocadas por dengue e outras arboviroses, como zika e chikungunya.

A incidência de dengue está em 219,4 casos para cada 100 mil habitantes. As pessoas que têm entre 20 e 29 anos de idade são as principais vítimas da dengue no Estado.