18 de abril de 2024 3:05

Banner princ
 

AMUPE perde protagonismo e municípios pernambucanos mergulham em crise

Acostumados com a atuação altiva de José Patriota, um leão em defesa dos municípios pernambucanos, a AMUPE agora vive um período apagado frente às pautas municipalistas. A maioria dos municípios de Pernambuco está mergulhada em uma grave crise com perda de receitas, deixando os gestores em uma situação delicada, com dificuldades para arcar com os compromissos, pagar fornecedores e garantir os serviços essenciais à população.
No tempo do ex-presidente Patriota, era comum a AMUPE encabeçar a defesa de todos os municípios e ter uma agenda positiva nacionalmente, fato que não está ocorrendo atualmente. Hoje, a realidade é que muitos municípios estão à beira de um colapso, sem pagar fornecedores, atrasando salários e deixando os prefeitos com ar de desespero.
O que se vê são gestores com seus governos mal avaliados e em decadência, com grandes dificuldades de se reelegerem ou fazerem seus sucessores, como é o caso de Arcoverde, e outros municípios da região, onde o prefeito têm uma enorme rejeição e grandes dificuldades para governar por conta do arrocho financeiro.
No ritmo que vai, até dezembro a maioria dos municípios estarão literalmente quebrados, e a AMUPE apática e ignorando a crise municipalista, quando deveria aconselhar que os prefeitos tirassem o pé do acelerador e ajustassem as máquinas, antes que seja tarde demais.
Até mesmo o município governado pela atual presidente da AMUPE, Serra Talhada, enfrenta dificuldades em relação aos gastos públicos, sob vigilante fiscalização do Ministério Público, que já emitiu recomendação para ajustar a máquina e evitar gastos com festas.
No caminho que está seguindo, a Associação Municipalista de Pernambuco vai cair em descrédito e jogar fora o protagonismo e o legado deixados pelo ex-prefeito de Afogados da Ingazeira e hoje deputado estadual, José Patriota, que dedicou mais de dez anos de sua vida política para resgatar e fortalecer a AMUPE.

Deixe um comentário