26 de maio de 2024 12:30

Banner princ
   

Barragem do Chinelo em Carnaíba volta a sangrar

Uma correnteza intensa a ponto de formar uma “espuma” branca, o barulho forte de água, a vegetação bem verde. A cena registrada durante a sangria da Barragem do Chinelo, em  Carnaíba, no Vale do Pajeú, em Pernambuco, voltou a acontecer depois de 4 anos, neste sábado (13). O volume ultrapassou a capacidade dos metros cúbicos que vinham se acumulando na Barragem com as frequentes chuvas que vem caindo na região de Quixaba.

 O monitoramento do açude é feito pela Companhia Pernambucana de Saneamento que não informou até o momento a real situação em que se encontrava o acumulado de água na referida barragem que por vários anos abasteceu as cidades de Carnaíba e Quixaba.

A Barragem do Chinelo é a primeira e única bacia  reservatória  de abastecimento em Carnaíba, Há também o Açude da Jitirana, mas este último não abastece a cidade.

Os primeiros registros do sangramento a barragem foi feito por Josias Vasco Neto, conhecido como “Carioca”, esposo de Socorro Brasilino (Côca do Quiosque), que tem um tereno ao lado do sangradouro. A cena surpreendeu a família que fez os primeiros registros para os carnaibanos.

Acompanhado da filha Emily e da esposa Socorro que faz a narrativa, Carioca que não é besta nem nada, foi logo dá uns timbungos na correnteza do sangradouro.

1 comentário em “Barragem do Chinelo em Carnaíba volta a sangrar”

Deixe um comentário